MÉTODO ECAD

A nossa dor nem sempre tem origem exatamente onde achamos que ela está, ou seja, em algum lugar do nosso corpo.  Por incrível que pareça, ela está no nosso cérebro. É dentro dele que são elaboradas as sensações dolorosas e as respostas que o organismo dá para elas. Por isso, aquilo que pensamos, como interpretamos a dor, o ambiente em que estamos inseridos e como nos comportamos tem relação direta com a dor que sentimos. 

Alguns especialistas afirmam que a dor crônica é muito mais comportamental do que física.

No Método ECAD – Estratégias Comportamentais para Alívio da Dor, a pessoa é convidada a olhar seu comportamento doloroso, “olho no olho”, a refletir e encontrar respostas. Nossos instrumentos e dinâmicas auxiliam o participante a compreender a dor, porque ela não melhora, porque vai e vem, porque tira qualquer um do sério.

USANDO CONHECIMENTOS DE DIFERENTES ÁREAS

Somando o conhecimento da neurociência, da Terapia Cognitiva Comportamental (TCC) com técnicas integrativas, nossa equipe de profissionais da saúde consegue compreender integralmente os desafios das pessoas que lidam com esse problema cotidianamente.

Temos evidências científicas de que a Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) é uma das técnicas que mostram melhor resultado no manejo da dor crônica. A TCC nos ajuda a entender como somos, quais são nossas fraquezas e fortalezas, nossos valores e crenças e como usar todo esse autoconhecimento para melhorar a dor.  Já as técnicas integrativas, tais como meditação, alongamentos, técnicas motoras e lúdicas contribuem para alcançar o autoconhecimento por uma outra via.

DEZ ENCONTROS SEMANAIS

O método consiste num programa de 10 semanas. Cada encontro tem um objetivo a ser alcançado e todos os participantes tem tarefas a serem realizadas. Assim, trilhamos um novo caminho, no qual cada um é o condutor da sua jornada desbravando suas crenças e valores, entendendo a fisiopatologia da dor, como o cérebro a interpreta e como nossos pensamentos interferem na nossa percepção dela.  Então, baseado em metas individuais e com a ajuda de nossas ferramentas, o participante consegue se organizar e ter motivação para assumir novas atitudes e conseguir o tão esperado alívio. 

INTEGRALIDADE

No ECAD a dor é tratada integralmente, levando em conta os contexto biológico, psicológico e social.  O contexto biológico é constituído pelas: doenças hereditárias e/ou crônicas, genética, alterações de exames laboratoriais; o psicológico envolve: emoções, depressão, enfrentamento e medos e no aspecto social estão as relações familiares e profissionais, amigos e nível socioeconômico. Analisando este modelo entendemos qual destas áreas tem um peso maior no quadro clínico e como alterar estes fatores para beneficiar o participante.

FERRAMENTAS

Além disso desenvolvemos questionários e métricas inéditos que mapeiam as atitudes ou tarefas realizadas pela pessoa, para que ela identifique com certeza o que piora e o que melhora sua dor.  Desta forma, fica evidente que comportamentos ela precisa evitar e quais estratégias ela deve reforçar.

O GRUPO

Juntos somos mais fortes. É importante ver a dor do outro também para dimensionar a nossa.

Muitas pessoas que sofrem com a dor se sentem sozinhos ou incompreendidos, pensando nisso, organizamos o método para ser feito em grupo. Mesmo os que não se sentem isolados podem se beneficiar desta rede de segurança. A troca de experiências, de apoio e aprendizado facilita a compreensão de todo o processo rumo ao alívio.

RESULTADOS

O método ECAD vai te ajudar a ressignificar e colocar a dor no devido lugar silencioso. Assim, se ela te incomodar, você saberá o que realmente fazer para aliviar a dor de maneira mais eficaz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s